Notícias

INFÂNCIA E LITERATURA (Minicurso em dois módulos)

segunda-feira, 06 de novembro de 2017, às 9:56

Módulo 1: PADRÕES NARRATIVOS EM HISTÓRIAS PARA CRIANÇAS NA PRIMEIRA INFÂNCIA

 

Instrutora: *Maité Dautant (Universidade Simón Bolívar, Venezuela)

Carga horária: 6h

Número de vagas: 30

Dia 06/11 – 9h às 12h e 14h às 17h

Observação: a oficina será ministrada em espanhol, mas haverá tradução simultânea.

 

Nos três primeiros anos de vida, as rotinas são fundamentais para desenvolver as estruturas e as “certezas profundas” necessárias para que a aprendizagem ocorra. Os livros para esta etapa da infância não apenas retratam os ritmos que as crianças experimentam a partir do próprio corpo e a partir do “fazer” (entrar e sair, começar e acabar, partir de um ponto e retornar a ele), mas também, por essa mesma razão, eles têm o potencial de se integrar como uma parte significativa da vida das crianças pequenas. Nesta sessão, serão explorados os diferentes padrões narrativos em histórias para crianças de 0 a 3 anos a partir de uma seleção de livros.

 

*Maité Dautant (Universidade Simón Bolívar, Venezuela) é pesquisadora de literatura infantil, promotora de leitura e especialista em tradição oral. Foi professora de promoção da leitura, uso do livro informativo em sala de aula, seleção de livros para crianças, recopilação de literatura infantil de tradição oral, padrões narrativos nos livros para primeira infância e formação de mediadores para o uso do livro infantil e juvenil em situações de crise. Editou, escreveu e recopilou obras para crianças.

 

Módulo 2: AS LEITURAS LITERÁRIAS DOS ADULTOS QUE TRABALHAM COM CRIANÇAS E SEUS DIVERSOS MODOS DE ACOMPANHAR E REGISTRAR AS TRAJETÓRIAS LEITORAS DOS BEBÊS E DEMAIS CRIANÇAS NA PRIMEIRA INFÂNCIA

Instrutora: María Emilia Lopez (Universidade de Buenos Aires, Argentina)

Carga horária: 6h

Número de vagas: 30

Dia 07/11 – 14h às 17h e 08/11 – 9h à 12h

Observação: a oficina será ministrada em espanhol, mas haverá tradução simultânea.

 

Existe um “leitor adulto? De onde vêm os alimentos do mediador de leitura quando se dispõe a trabalhar com crianças? A partir de uma breve investigação e resgate histórico acerca do nascimento da literatura infantil, e das diversas formas de domesticação que estiveram presentes no seu nascimento, analisaremos a formação consciente e inconsciente das professoras, bibliotecárias, mediadoras literárias, que atuam com crianças nesses primeiros anos de vida. Em seguida, abordaremos a elaboração de registros escritos, que são ao mesmo tempo uma experiência de observação e leitura das práticas espontâneas das crianças, um exercício simbólico-escritural próprio e um caminho na aquisição de maiores capacidades para engrandecer os caminhos leitores das crianças”.

 

*María Emilia Lopez é especialista em Educação Infantil e Literatura Infantil. Diretora do “Jardín maternal” da Faculdade de Direito da Universidade de Buenos Aires desde a sua fundação, em 1997. É autora e coordenadora do “Programa de educación artística para bebés y niños pequeños”, do “Programa de Investigación y Formación docente continua” e do “Programa de Lectura y biblioteca en la primera infancia” (pelo qual recebeu o Premio Pregonero em 2014), todos da mesma instituição. Consultora do CERLALC (Centro Regional de Desenvolvimento do Livro na América Latina e no Caribe – Unesco) sobre as questões da primeira infância e da cultura. Autora de materiais de formação de educadores do México, Colômbia, Brasil. Ministra cursos, seminários e conferências em vários países.