FAE923 - Processos e Discursos Educacionais I : O movimento negro e os saberes construídos nas lutas por emancipação

Semestre / Ano

2º / 2018

Data de Início

18/10/2018

Tipo

Optativa - PDE

Turma

B

Sala

4106

Nº Total de Vagas

20

Docentes Responsáveis

Nilma Lino Gomes - nilmagomes@uol.com.br

Carga Horária

30 horas

Horário

Quinta - Tarde

Vagas para eletivas

Não

Vagas para isoladas

Não

Ementa

O movimento negro atua como produtor, articulador e sistematizador de saberes construídos pelos negros e negras nas lutas por emancipação. Junto com outros movimentos sociais o movimento negro constrói um tipo específico de conhecimento: o conhecimento nascido na luta. Nesse processo, esse ator político educa e reeduca a si mesmo, o Estado e o campo da produção do conhecimento. A compreensão dos saberes produzidos, articulados e sistematizados pelo movimento negro tem o potencial de indagar os currículos levando-nos a um processo de descolonização do conhecimento.

Programa

1- o movimento negro brasileiro  como ator político.

2- pedagogias que emergem: o movimento negro e os saberes

3- movimento negro, corporeidade e subjetividades desestabilizadoras. 


Bibliografia

GOMES, Nilma Lino.  O movimento negro educador. Petrópolis: Vozes, 2017.

GONÇALVES, Luiz Alberto Oliveira; GONÇALVES E SILVA, Petronilha Beatriz. Movimento Negro e Educação.  Revista Brasileira de Educação. SP,  n.15, set.dez. 2000, p.134-158.

MUNANGA, Kabengele. Negritude: usos e sentidos. Belo Horizonte: Autêntica, 2009.

SANTOS, Boaventura de Sousa. Por uma pedagogia do conflito. In: SILVA, L.H.et al (Orgs). Novos mapas culturais, novas perspectivas educacionais. Porto Alegre: Sulina, 1996, p.15-33.