FAE925 - Processos e Discursos Educacionais III: Análise de dados quantitativos aplicada à Educação

Semestre / Ano

2º / 2018

Data de Início

09/08/2018

Tipo

Optativa - PDE

Turma

H

Sala

4104

Nº Total de Vagas

20

Docentes Responsáveis

FLÁVIA PEREIRA XAVIER - flavia.xavier.ufmg@gmail.com

Carga Horária

60 horas

Horário

Quinta - Tarde

Vagas para eletivas

Sim

Vagas para isoladas

Não

Ementa

Dados educacionais: pesquisas oficiais; e preparação de banco de dados. Estatísticas descritivas e inferência estatística. Sínteses numéricas e gráficas. Exemplos de aplicações com os dados públicos gerados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP) com pesquisas realizadas no campo da política e sociologia educacional.

Programa

1. Introdução à pesquisa quantitativa: desenhos de pesquisa: pesquisa experimental, pesquisa quasi-experimental, Survey, pesquisa histórica e pesquisa etnográfica; o papel da teoria; quando aplicar cada desenho.  O debate sobre método qualitativo versus quantitativo. A lógica da amostragem de Survey.

2. Descrição dos dados: Tipos de variáveis e níveis de mensuração. Tabelas de frequências de variáveis ordinais e categóricas. Tabelas cruzadas. Representação gráfica: gráfico em barras, em colunas e em setores com variáveis categóricas. Manipulação do banco de dados. Medidas de tendência central: média aritmética, média ponderada e outros tipos de média. Medidas de tendência central: mediana, moda e ponto médio. Medidas de variação: amplitude, desvio-padrão, variância e coeficiente de variação. Medidas de Posição: quartis, decis e percentis. Representação gráfica: Histograma e box-plot. As formas das curvas de frequência; Medidas de Assimetria e Curtose.

3. Noções de probabilidade: Distribuição normal padrão. A regra 68-95-99 para Dados com Distribuição em Forma de Sino.

4. Inferência: Intervalos de confiança e erro-padrão: estimação da média de uma população e estimação da proporção de uma população. Margem de erro. A lógica do teste de hipóteses. Nível de significância. Testes unilaterais e bilaterais, Erros Tipo I e Tipo II. Teste de Significância de médias: teste de uma amostra para médias e teste de duas amostras para médias. Anova: teste de comparação de três ou mais amostras (Gráfico de intervalo de confiança). Correlação r de Pearson. Qui-quadrado de independência.


Bibliografia

BABBIE, Earl. Métodos de Pesquisa de Survey. Belo Horizonte: Ed. UFMG, 1999.

BARBETTA, Pedro Alberto. Estatística aplicada às ciências sociais. 4. ed. Rev. e ampl. Florianópolis: Ed. da UFSC, 2001. (Série: Didática).

BOUDON, Raymond. Métodos quantitativos em Sociologia. Petrópolis: Vozes, 1971.

CRESPO, A.A. Estatística Fácil. 5 ed. São Paulo: Saraiva, 1998.

DANCEY, Christine P. Estatística sem matemática para psicologia. 5 ed. Porto Alegre: Penso, 2013.

PEREIRA, Júlio Cesar R. Análise de dados qualitativos: estratégias metodológicas para as ciências da saúde humanas e sociais. São Paulo: Edusp, 1999.

PESTANA, Maria Helena; Gageiro, João Nunes. Análise de Dados para Ciências Sociais: a complementariedade do SPSS. Lisboa: Edições Silabo, 2000.

TRIOLA, Mario F. Introdução a Estatística. Rio de Janeiro: LTC, 1999.

STEVENSON, William J. Estatistica Aplicada a Administraçao. Ed. HARBRA, 1981.

WIERSMA, William. Research methods in education. 6th edition. Boston: Allyn and Bacon, 1995.